ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicado em 30/10/2016 às 00:00:00 - Atualizado em 30/10/2016 ás 00:00:00

 

Comitê de Combate ao Caixa Dois voltou às ruas nas eleições deste domingo


Carlos ainda chamou atenção para a alta abstenção nas votações pela manhã neste domingo

 

Neste domingo (30), segundo turno das eleições na capital amazonense, e a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas participou mais uma vez da fiscalização do pleito nas diversas zonas eleitorais da cidade.

 

A ação é uma iniciativa do Comitê de Combate ao Caixa Dois, composto por representantes da OAB/AM, Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas, do Conselho Regional de Contabilidade, Conselho Regional de Economia, Sindicato dos Assistentes Sociais, entre outras instituições.

 

Durante a manhã, membros da Comissão de Ética e Reforma Política da OAB/AM que integram o comitê visitaram as seções eleitorais do Centro Social Urbano (CSU) do Parque 10, na zona centro-sul de Manaus, além dos dois maiores colégios eleitorais da capital, as escolas estaduais Professor José Bernardino Lindoso (Cidade Nova), na zona Norte e Eldah Bitton T. da Rocha (Compensa), na zona Oeste.

 

Com um fluxo baixo de eleitores, as votações transcorreram de forma tranquila nas seções durante a manhã, sem que houvesse indícios de crimes eleitorais registrados pela equipe fiscalizadora. O presidente da Comissão de Ética e Reforma Política da OAB/AM e coordenador do Comitê de Combate ao Caixa Dois, Carlos Santiago, fez uma breve análise dos dois turnos.

 

“Fazendo uma comparação com o turno anterior, um dado positivo que podemos constatar agora é que os candidatos não estão sujando a cidade. No primeiro turno, houve uma sujeira geral, de muitos candidatos a cargos proporcionais e também de cargos majoritários. No primeiro turno também foi constatado crimes de boca de urna, além de problemas que dificultaram a vida do eleitor, como grandes filas, sistemas mais lentos e mesários faltosos. Hoje está bem mais tranquilo e as pessoas estão conseguindo votar com mais rapidez”, disse.

 

Carlos ainda chamou atenção para a alta abstenção nas votações pela manhã neste domingo. “Conversando com os mesários nós identificamos que há uma abstenção muito grande, e isso é preocupante porque mostra que as candidaturas não tem empolgado tanto os eleitores a ponto de fazê-los vir até as seções”, pontuou.

 

Após realizarem as visitas, os advogados se dirigiram até a sede da Ordem, onde permanecerão até às 18h deste domingo para receber denúncias de crimes eleitorais e atender à população. De acordo com a advogada Karen Albuquerque, esta é uma ação muito importante que ajuda a garantir o cumprimento da legislação eleitoral.

 

“Nós queremos combater o uso do caixa 2 ou qualquer tipo de imposição aos eleitores. Nós sabemos que em bairros mais carentes muitas vezes é o dinheiro quem manda, e o comitê visa justamente inibir essas práticas e tentar conscientizar a população sobre votar certo, votar consciente. Assim, todo mundo ganha”, disse.

 

A seccional do Amazonas está localizada na Av. Umberto Calderaro, nº 2000, bairro Adrianópolis. O telefone para denúncia é o (92) 99977-9680.


 

FOTOS: DIVULGAÇÃO - OAB-AM


 

Tereza Teófilo

 



Publicidade