ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicado em 10/11/2016 às 00:00:00 - Atualizado em 10/11/2016 ás 00:00:00

 

Eduardo Braga garante recursos no Orçamento para colocar mais de 170 UPAs em funcionamento e compra de penicilina


Para assegurar os recursos, Eduardo Braga solicitou detalhes, organizados em um documento

 

O relator do Orçamento de 2017, senador Eduardo Braga (PMDB/AM), informou ontem que atenderá à solicitação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, para colocar em funcionamento 174 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), cujas obras já foram concluídas. Os estados e municípios alegam não ter dinheiro para mantê-las.

 

 “Vamos avaliar a possibilidade de repassar R$ 2 bilhões para viabilizar o funcionamento delas”, disse o parlamentar após reunião com o chefe da pasta da Saúde, que pediu, ainda, a manutenção de investimentos nos procedimentos de alta e média complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Para assegurar os recursos, Eduardo Braga solicitou detalhes, organizados em um documento, de cada necessidade relativa a esses procedimentos, que envolvem consultas, cirurgias ambulatoriais, exames de laboratório, além de hemodiálise, radioterapia, cateterismo cardíaco, transplantes, entre outros.

 

 

Epidemia – O ministro Ricardo Barros conversou ainda com o senador sobre a importância de verbas para a compra do antibiótico penicilina para combater a sífilis – doença infecciosa que se transformou em epidemia no país. Dados do Ministério da Saúde revelam que a taxa de bebês com sífilis congênita (transmitida da mãe infectada para o filho) em 2015 foi de 6,5 casos a cada mil nascidos vivos - 13 vezes mais do que é tolerado pela Organização Mundial de Saúde e 170% a mais do que o registrado em 2010.

 

A sífilis em gestante passou de 3,7 para 11,2 casos a cada mil nascidos vivos, um aumento de 202%. Para sífilis adquirida (na população em geral) a taxa é de 42,7 casos a cada 100 mil habitantes. 

 

No caso do Amazonas, os registros também são alarmantes. Nos últimos nove anos, quase 7 mil casos foram notificados. De acordo com o serviço estatístico da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), uma pessoa foi diagnosticada com a doença a cada oito horas este ano. 

 

Na reunião com o ministro, Eduardo Braga sugeriu que a rede pública de laboratórios brasileiros volte a fabricar a penicilina, que é de baixo custo e único medicamento capaz de tratar a sífilis.

 

Crédito: Vagner Carvalho

 

Publicidade