ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicado em 12/11/2016 às 00:00:00 - Atualizado em 12/11/2016 ás 00:00:00

 

Programa educacional do médico e escritor Augusto Cury é a nova aposta das escolas particulares do Amazonas


Os pais são orientados a seguir os mesmos conceitos de relacionamento para continuar o ensino em casa

 

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe/AM) assinou convênio com a Escola de Inteligência, programa educacional que objetiva desenvolver a educação socioemocional no ambiente escolar. Com isso, a partir de agora, os colégios conveniados ao Sinepe/AM podem passar a oferecer, na sua estrutura curricular, o método do programa, que foi idealizado pelo médico e escritor Augusto Cury. 

 

Para a presidente do Sinepe/AM, Elaine Saldanha, a novidade vem para agregar, ao trabalho que as instituições oferecem no Estado. “Afinal, educação não é apenas conteúdo didático. É preciso também trabalhar com os alunos a saúde e o bem estar emocional, as suas relações comportamentais, estimular a criatividade, o senso crítico e vários outros fatores que refletem no rendimento escolar e desenvolvimento da personalidade das crianças”, comentou a representante.

 

Na prática, os alunos recebem um material didático e, junto com a professora, aprendem a lidar com situações do dia a dia e a serem formadores de opinião, por meio de histórias de fácil assimilação. As aulas acontecem uma vez por semana, como um novo componente curricular ou até mesmo dentro de um já existente, e contempla alunos do ensino infantil até o médio.

 

Os pais são orientados a seguir os mesmos conceitos de relacionamento para continuar o ensino em casa, mudando hábitos e promovendo um ambiente saudável. Além disso, o material é sempre atualizado e elaborado de acordo com a idade dos alunos; ajuda a combater o bullying, a violência, a baixa autoestima, entre outros problemas psicológicos.

 

“O grande diferencial do programa é que ele promove, por meio da educação das emoções e da inteligência, a melhoria dos índices de aprendizagem, redução da indisciplina, aprimoramento das relações interpessoais e o aumento da participação da família na formação integral dos alunos”, informou Maria José Calmont, diretora geral da Qualynorte, responsável por oferecer a Escola de Inteligência no Amazonas.

 

A Escola de Inteligência possui uma metodologia fundamentada na Teoria da Inteligência Multifocal, que analisa o funcionamento da mente, os fenômenos que constroem pensamentos e emoções, e fornecem técnicas para a formação de pensadores e competências para o desenvolvimento pessoal, social e profissional. Atualmente, mais de 200 mil alunos de 350 escolas de todo o país são beneficiados com a iniciativa.

 

Com Informação da Assessoria

Publicidade