ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicado em 12/11/2016 às 00:00:00 - Atualizado em 12/11/2016 ás 00:00:00

 

Muro gigante é construído em Munique para isolar refugiados


A barreira de 4 metros de altura, com isolamento acústico, vai cercar um albergue para refugiados menores de idade

 

Na semana que marca 27 anos da queda do Muro de Berlim, na Alemanha, uma barreira de 4 metros de altura está em construção na cidade de Munique. O muro, de 100 metros de comprimento, servirá para isolar um albergue para jovens refugiados, que gerou controvérsia entre moradores.

 

A construção do muro, alvo de debates calorosos na imprensa e nas redes sociais, é resultado de uma disputa judicial entre a administração de Munique e sete moradores de Neuperlach, um bairro de 55.000 habitantes na região sudeste da cidade. Com espaço para 160 menores, o albergue foi anunciado em 2014 e os moradores apresentaram uma reclamação acerca da “polução acústica” que seria causada pelos jovens.

 

Um vídeo divulgado pelo político independente Guido Bucholtz mostra o muro praticamente concluído e faz uma comparação com o Muro de Berlim, que separava a Alemanha Ocidental, capitalista, de seu lado oriental, socialista. “O muro, tal como se ergue agora, é o contrário do que entendo por integração. É um símbolo da exclusão”, afirmou Bucholtz ao jornal Bild.

 

Os moradores não só exigiram uma altura mínima para o muro, mais alto que a histórica barreira em Berlim (3,6 metros), como reivindicaram que ele fosse construído de tal maneira que o tornasse impossível de ser escalado. Um dos requerentes, Stephan Reich, de 59 anos, afirmou ao Bild que não tem “nada contra” o albergue porque a cidade tem que “abrigar essa gente em algum lugar”. “Mas 160 pessoas farão um barulho considerável e nós queremos poder continuar vivendo aqui com tranquilidade”, explicou.

 

(Com EFE)

 

Publicidade