ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicado em 23/11/2016 às 00:00:00 - Atualizado em 23/11/2016 ás 00:00:00

 

SEDUC promove Mostra de projetos do Programa Ciência na Escola (PCE), executado nas escolas da rede pública estadual


A exposição aconteceu no Hall de Galerias da sede da SEDUC, localizada no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus

 

Reunindo projetos aplicados nas escolas da rede pública estadual de ensino, a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), promoveu nesta quarta-feira (23), uma Mostra de Projetos do Programa Ciência na Escola (PCE), que atende mais de 1,6 mil estudantes. A exposição aconteceu no Hall de Galerias da sede da SEDUC, localizada no bairro Japiim, Zona Sul de Manaus. 

 

A Mostra contou com a exposição de 21 projetos, executados por estudantes dos ensinos Fundamental e Médio nas seguintes escolas estaduais: Isaac Swerner; Pe. Agostinho Martin; Vicente Schettini; Isaac Benzecry; Sebastião Augusto Loureiro Filho; José Carlos Mestrinho; Ruy Araújo; Augusto Carneiro dos Santos; Maria Madalena Santana de Lima; Cecília Ferreira da Silva; Padre Luis Ruas; Manoel Rodrigues de Souza; Alice Salerno; Engº. Arthur Soares Amorim; Jorge Karan Neto; Zilda Arns Neumann; Marquês de Santa Cruz; Francisca de Paula de Jesus Izabel; Frei Sílvio Vagheggi; Eldah Bitton Telles da Rocha; além do Colégio Brasileiro Pedro Silvestre e do Instituto de Educação do Amazonas (IEA). 

 

Coordenado pelo Governo do Estado, por meio de parceria institucional firmada entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), as secretarias Estadual e Municipal de Educação (SEDUC) e (Semed) e a Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), o PCE tem como objetivo contribuir para que estudantes e professores, a partir do sexto ano da educação básica de escolas públicas estaduais e municipais do Amazonas, desenvolvam projetos de pesquisa científica em suas escolas.

 

Além disso, o programa facilita o acesso a informações científicas e tecnológicas ao público escolar; incentiva o envolvimento entre professores de escolas públicas e o universo científico; capacita professores em Metodologia da Pesquisa Aplicada à Educação Básica; e desperta a vocação científica ainda na educação básica.

 

Segundo a coordenadora do PCE na SEDUC, Simara Abrantes, os projetos têm sido muito importantes para a formação dos estudantes e a mostra é positiva para garantir a troca de conhecimento entre os jovens. “Essa exposição é muito importante para que os estudantes possam compartilhar todo o desenvolvimento dos projetos, um pouco do conhecimento que eles adquiriram ao longo de seis meses de execução dos projetos, além de promover a troca de conhecimento entre eles. O PCE tem sido fundamental na formação desses jovens, principalmente pelo fato de incentivar o interesse pela pesquisa científica”, explicou a coordenadora. 

 

Prestigiando a Mostra de Projetos, a secretária Executiva Adjunta da Capital da SEDUC, professora Izabel da Costa Carvalho, parabenizou os estudantes pelos projetos apresentados. “Parabenizo a todos os alunos e professores por esses projetos e destaco a importância do PCE nas nossas escolas estaduais. É um programa que estimula o interesse dos jovens pelo conhecimento científico e contribui para que eles tenham uma formação de qualidade”, ressaltou a secretária. 

 

Ciência na prática

 

“Transformando a Química em arte” foi um dos projetos que foram apresentados durante a mostra. Executado na Escola Estadual Maria Madalena Santana de Lima, localizada no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, o projeto é coordenado pela professora Nancy Barbosa. 

 

Segundo ela, o projeto tem tido uma repercussão muito positiva junto aos estudantes do Ensino Médio. “O objetivo do nosso projeto é desmistificar a visão que muitos alunos têm da disciplina de Química, tornando-a mais dinâmica e atrativa. Com esse propósito, desenvolvemos essa atividade, confeccionando cosméticos, velas artesanais e outros produtos presentes em nosso cotidiano”, afirmou a professora. 

 

Participando do projeto, a aluna do 2º ano do Ensino Médio, Laura Maria da Costa Ribeiro, 15, revelou que o projeto tem contribuído para que os estudantes tenham uma visão ampla da disciplina de Química e sua importância no dia-dia. “O projeto incentiva os jovens a terem uma visão ampla da disciplina e suas propriedades. Para mim, tem sido uma experiência muito importante, um conhecimento valioso”, contou a estudante. 

 

Reciclagem

 

Também baseado nos conceitos da disciplina de Química, o projeto “Sabão Ecológico: reciclando o óleo de cozinha para fabricação de sabão”, é aplicado na Escola Estadual Ruy Araújo, localizada no bairro da Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, e conta com a coordenação do professor Diego Valois. 

 

Para os estudantes do Ensino Médio, Jhonnyivan Barroncas, 17 e Max Rayten Rebelo, 16, com o projeto, a disciplina de Química tornou-se mais fácil de aprender. “Com esse projeto, pudemos entender os danos causados pelo óleo de cozinha quando exposto ao meio ambiente e a importância de reciclar. Além disso, o projeto nos ajuda a esclarecer dúvidas que muitos alunos têm na disciplina de Química, facilitando o nosso aprendizado”, esclareceram os alunos.

 

Fotos: Eduardo Cavalcante/SEDUC

Com Informação da Assessoria

 



Publicidade