ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicado em 16/01/2017 às 00:00:00 - Atualizado em 16/01/2017 ás 00:00:00

 

Polícia Civil continua operação policial em zonas distintas da capital


O delegado Guilherme Torres ressaltou que esta operação além de ter a finalidade de restabelecer a sensação de segurança à sociedade manauara

 

Por determinação do delegado-geral, Francisco Sobrinho, a Polícia Civil do Amazonas, em continuidade as atividades em torno das novas medidas de reforços à segurança em Manaus, deflagrou no domingo, dia 15, e madrugada desta segunda-feira, dia 16, operação policial nas zonas Norte, Leste e Sul da capital. O objetivo da ação é coibir práticas criminosas e reforçar o trabalho ostensivo nas ruas da cidade.

 

Ao longo do domingo, as incursões na cidade foram comandadas pelo diretor do Departamento de Avaliação e Controle (DCA) da instituição, delegado Paulo Sampaio. Na noite de ontem e madrugada desta segunda-feira, dia 16, a ação foi coordenada pelo delegado Guilherme Torres, diretor adjunto do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e contou, ainda, com o reforço de integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). As equipes realizaram incursões em dois Terminais de Integração (T3 e T4), situados, respectivamente, nas zonas Norte e Leste da cidade.

 

No decorrer da operação as equipes realizaram abordagens a pedestres em plataformas de ônibus expresso. Ônibus do transporte coletivo e veículos automotores foram fiscalizados. Os trabalhos também foram desempenhados em bares e casas noturnas, localizadas na zona Sul da cidade.

 

De acordo com Guilherme Torres, a missão é garantir a sensação de segurança para sociedade, inibindo todo tipo de ação suspeita e, assim, diminuir a criminalidade na cidade. "Essa operação é preventiva e visa inibir qualquer ação à prática criminosa. Nossa missão é encerrar mais uma semana com chave de ouro, isto é, garantir a segurança para nossa população", informou o diretor adjunto do DRCO.

 

O delegado Guilherme Torres ressaltou que esta operação além de ter a finalidade de restabelecer a sensação de segurança à sociedade manauara, também visa recapturar os fugitivos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

 

“Nossa equipe está empenhada em combater a criminalidade, mas também estamos trabalhando com intuito de recapturar os foragidos do sistema prisional. É uma prioridade do comando da SSP-AM, para que assim possamos restabelecer a tranquilidade nas ruas da cidade”, argumentou a autoridade policial.

 

Torres destacou que, ao longo das incursões, foi notado que a cidade estava retornando a sua tranquilidade, em terminais de ônibus, por exemplo, usuários afirmaram não ter qualquer alteração nas últimas horas da noite. “Durante as incursões noturna não identificamos nada fora da normalidade. A população nos informou que desde a chegada da polícia nenhuma alteração foi constatada”, finalizou o delegado.

 

Operação

 

A operação policial deflagrada pela instituição iniciou desde a noite do dia 6 deste mês, servidores lotados em distintas unidades policiais da capital e setores administrativos da instituição foram convocados nos últimos dias pelo delegado-geral, Francisco Sobrinho, a fim de fortalecer as atividades que estão sendo adotadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), para reprimir a criminalidade e tranquilizar a população da capital, após a fuga de detentos do Compaj e Ipat, no dia 1º de Janeiro.

 

Assessoria de Imprensa - Polícia Civil-AM



Publicidade